E aí você decide vir pra Irlanda. Ótimo!!!! Já sabe onde será sua acomodação temporária em Cork? Pois é, essa foi uma das primeiras coisas que resolvemos depois de bater o martelo na viagem.

Bom, nós não viemos como estudantes, ou seja, não tínhamos fechado nenhuma acomodação de escola ou coisa do tipo para as primeiras semanas na Ilha. Depois de muita pesquisa sobre possibilidades – entre elas hotéis, hostels, casa de família – optamos por conhecer o site airbnb. Para quem não conhece, o site abriga milhares de casas e/ou quartos para alugar por curta temporada em diversas cidades do MUNDO! É possível encontrar desde estúdios até casas enoooormes para alugar e, logicamente, os preços variam bastante de acordo com a localização, o tamanho, etc.

Pesquisamos Cork no site e nos deparamos com muito mais resultados do que esperávamos. Nunca usamos os serviços do site, então atiramos no escuro nesse quesito. Mas nos saímos muito bem. Encontramos um apartamento (adjacente à casa principal) para alugar, com um preço bacana – lembrando que os valores que aparecem no site são diários e é necessário preencher um formulário e enviá-lo para receber uma cotação atualizada. Dependendo de quantas noites você desejar, é possível que o dono da casa faça um preço até melhor para você – vale a pena conversar. A princípio cotamos 2 semanas e depois, conversando melhor, decidimos por um mês, ao qual o host prontamente aceitou. Pagamos e recebemos nosso recibo sem o menor problema.

Fechamos nossa acomodação com uns 6 meses de antecedência. Sim, tudo isso. A procura no site parece ser enorme, e ainda se a casa for boa, as datas no calendário vão ser realmente escassas. Conversamos bastante com o dono da casa – muito simpático e hospitaleiro por sinal – lemos todas as recomendações de pessoas que já tinham alugado a casa e tudo sempre muito positivo.

Chegado o dia de finalmente colocar nossos pés em Cork, não poderíamos ficar mais felizes. O apartamento é (ainda estamos aqui) exatamente o que vimos nas fotos; os donos são pra lá de gentis (assim como a maioria dos irlandeses que tivemos contato); tudo funciona normalmente mas o melhor mesmo foi a localização. Pertissimo de um ponto de ônibus e dois supermercados – cerca de 5 minutos a pé – e uns 20 minutos de ônibus até o centro de Cork. Ah, e o bairro é uma graça também, nos sentimos num filme!

Acomodação temporária em Cork

Estamos no bairro de Grange, bem próximo a Douglas e me disseram que é um dos melhores bairros para morar. Mais pra frente vou fazer um post explicando mais sobre os bairros e as distâncias do centro – coisa que realmente nos confundiu bastante antes de vir.

Aí vai uma listinha de dicas se você optar por procurar uma casa pelo airbnb:
1. Pesquise e alugue com bastante antecedência;
2. Pergunte tudo o que for interessante para você, coisa como pontos de ônibus, supermercado, pubs, lavanderias (aqui não tem máquina de lavar e depois de 14 dias em um navio e saber que você vai ficar um mês na casa, esse é um item importantíssimo!), tv, geladeira, etc;
3. Cancelamento – a gente nunca pretende cancelar, mas é bom entender como funciona – no nosso caso, por ser com tanta antecedência, eu perguntei e ele falou que não teria problema em devolver o valor integral (menos a taxa que o airbnb cobra diretamente de você);
4. Tente focar nas regiões centrais de Cork, bairros como Douglas, Wilton, Mahon são muito bem localizados – (entre outros que eu ainda estou aprendendo hahahaha mas basta colocar no Maps e ver o trajeto até o centro com transporte público; o tempo de percurso mostrado costuma ser bem fiel);
5. Converse com o host sobre os valores e quanto tempo está procurando para alugar. Uma conversa pode fazer toda a diferença no seu bolso (certamente fez no nosso).

E assim conseguimos nossa acomodação para o primeiro mês. E está sendo fantástico!

Quem quiser aproveitar e conhecer os serviços do airbnb, temos um desconto especial pra você, basta clicar aqui!

Author

7 Comments

  1. Fabio Silva Reply

    Ficou claro Nadine. Agradeço!
    Estou decidindo aqui qual a melhor maneira. Vamos falando… Dou um toque quando chegar.. Gostaria de encontrar vocês para um café!

    Boa sorte!

    Atte.
    Fabio

    • Nadine Jalaim Reply

      Opa! Café marcado!

      Boa sorte! Até mais!

  2. Fabio Silva Reply

    Oi, mais uma dúvida. Vocês receberam uma carta do dono da casa para comprovar na imigração quando chegaram?

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Fabio! Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Com relação ao aluguel da casa, levamos bastante em consideração as recomendações. É dificil a gente ter 100% de ctz quanto a isso, a dica é prestar bastante atenção nos comentários do anuncio, ver o que fala tanto de bom quanto de ruim e conversar com o proprietário. Alugamos nossa casa pelo airbnb por um mês e foi cerca de 6, 7 meses antes de virmos. Antes de fechar conversamos bastante com o dono, tiramos duvidas e ele nos deixou bastante a vontade – inclusive tinha mencionado que um casal de São Paulo iria passar 3 meses aqui começando em Janeiro. Toda essa comunicação mais as recomendações nos deixaram mais tranquilos.
      Pagamos a vista sim, com o cartão de crédito – não tivemos nenhum problema nem com o airbnb nem com o nosso landlord aqui.
      Com relação à carta, direto no airbnb é possivel imprimir seu itinerário, que contem todas essas informações: endereço, telefone do proprietário, seu nome, quanto tempo vc ficará nesse endereço e o valor pago. Acredito que seja suficiente para apresentar na imigração – não consigo te precisar porque para mim, por incrivel que possa parecer, não pediram nada (eu acabei entrando como turista, talvez seja por isso).
      Espero que tenha ajudado!!!!
      Até mais!

  3. Olá Nadine! Adorei o espaço!

    Estarei em Cork provavelmente no dia 15 de Agosto. Pertinho. Comprei duas semanas de residencia estudantil e vou estudar na Griffity. Como não tenho certeza se conseguirei um lugar para morar depois que estes 15 dias acabarem, achei pertinente e muito interessante esta possibilidade de locação. Até porque, preciso de um endereçor fixo para receber minhas correspondencias, extrato do banco, senha e coisas do gênero..

    Vou dar uma pesquisada no site. Gostaria de saber se foi facil se comunicar com o dono do imovel que vcs alugaram, qual ferramenta usaram para comunicação e se poderia passar uma ideia de valor desta casa que vcs estão.

    Agradeço e desejo tudo de bom para vcs!
    Com certeza vou querer tomar um café com vocês quando chegar aí na ilha maravilhosa!!

    Abs
    Fabio

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Fábio!!! Que bom que gostou! Esperamos poder ajudar!
      Alugar casa no Airbnb é realmente muito simples. A comunicação é toda pelo site – mensagens – e o dono daqui sempre foi muito atencioso e prestativo, me ajudou pra caramba. Pagamos em torno de 800 pelo mês, o que compensava e muito visto o preço de hotéis e hostels. Iriamos ficar duas semanas a principio mas ficamos com medo de não dar tempo de conseguir um aluguel fixo, então acabamos optando por alugar um mês inteiro. Não sei como estará a oferta em Agosto ainda, mas agora está bem precária. Foi dificil conseguir uma casa. Época de verão tem muito estudante por aqui e me falaram que é por isso que está dificil, talvez em Agosto já esteja melhor. Não sei qual vai ser a sua escolha – casa compartilhada ou aluguel pra vc sozinho, mas acho que casas para share é mais fácil rs.
      Estamos esperando vc por aqui! Nos avise quando chegar!!! 🙂

      • Fabio Silva Reply

        Olá Nadine. Valew pelas dicas.

        Estou para locar um quarto mas estou com dúvidas.

        Como fizeram para garantir que não fosse uma armação ou coisa do tipo? Baseado apenas nos comentários?

        Pagaram a vista?

Write A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.