Estamos em Cork há exatas duas semanas e podemos falar com convicção que estamos nos sentindo em casa. Nossas primeiras impressões da cidade não poderiam ser melhores. De modo geral, esse pedacinho da Irlanda está realmente ganhando nossa simpatia, a cada dia mais,  e nos fazendo ter certeza de que fizemos uma ótima escolha.

A cidade, que é a segunda maior cidade da Irlanda, abriga cerca de 120 mil habitantes. É considerada uma cidade grande, com centrinhos comerciais, shoppings, hospitais, universidades e escolas de idiomas. O centro da cidade não tem uma beleza das grandes metrópoles que vemos em vários cantos do mundo. A Irlanda, de modo geral, é um país que mantém suas construções antigas, e Cork não poderia ser diferente. Você não vai encontrar arranha-céus, construções modernas e uma multidão de pessoas correndo pra lá e prá cá.

Esse silêncio todo realmente não me incomodou. Já tive a experiência de morar 2 anos nos EUA, e o lugar que morava, em questão de movimento, era bem parecido – apesar de próximo a uma cidade grande. O Diego, de primeiro momento, se incomodou e achou muito estranho – até irmos no cinema ver “The Avengers” e ter não mais do que 20 pessoas na sessão e nenhuma fila pra comprar ingresso; foi o divisor de águas hahahahahaha.

Cork é uma cidade que esbanja qualidade de vida. Pelo menos pra gente. Um casal da área de T.I., que morava em São Paulo, e ter todo esse verde e esse silêncio pra gente é realmente uma mudança radical. As ruas são extremamente limpas e as pessoas são por demais de simpáticas de hospitaleiras. Vi muito isso nos blogs e realmente comprovei com cada Irlandês que tive o prazer de conversar.

Fome não vamos passar. Os mercados são um ótimo passatempo e se você morar perto de um Aldi (ou mesmo um Lindl) vai poder encher o carrinho de verdade e não gastar mais que 30 euros. Sim. Esses dias compramos a vida do Aldi e gastamos 22 euros. Saímos dando pulinhos de alegria. Se você quer mais variedade, um Supervalu já faz a vez. O famoso Tesco também é uma boa pedida. Ficamos felizes em ver que comer em casa vale muito mais a pena que comer fora. Estou colocando meus dotes culinários a prova (fiz uma torta típica daqui ontem e vou te falar que ficou DELICIOSA! Postei no Instragram, já segue? @nadinejalaim).

“Uma dica: o ideal é morar perto – distância a pé – de um mercado e um ponto de ônibus. A vida sem carro por aqui é um pouquinho mais complicada, mas é uma delicia caminhar por entre os bairros. Mas não se você tiver que andar muito com sacolas de compras cheias – iremos comprar um carrinho de compras em breve!”

Transporte público não é o melhor do mundo, mas sim, nos leva para todo canto. Basta ter paciência. E explico: principalmente nos arredores do centro, os ônibus passam com intervalos de tempo muito grandes, ou seja, você tem que se preparar com antecedência para conseguir pegar o bus, senão, vai ter que esperar sentada. Ou em pé, haja visto que não são todos os pontos que possuem banquinhos. O valor de 2 euros é razoável para o ônibus. Não é barato, mas não é um absurdo. Ah, detalhe importante: quase todos os ônibus tem wifi – digo quase todos porque pegamos alguns em que a internet não tava funcionando. O trânsito ajuda bastante, então os trajetos não são demorados, uma vez que já esteja embarcado. Enquanto não tiver carro, o ônibus vai ser sempre a melhor opção. (Veremos no inverno – esperar no ponto com temperaturas negativas não deve ser nada fácil).

As cores da cidade é um atrativo a parte. Muito verde, muita cor forte nas flores e no lindíssimo pôr do sol. Nos subúrbios essa condição é mais forte e presente, lógico. Os bairros são lindos, as casinhas são como nos filmes. Realmente a Irlanda é exatamente tudo aquilo que imaginávamos. 

20150512_204548

O tempo é imprevisivel, como era de se esperar. Chove, venta, faz calor e frio, tudo em um intervalo bem curto de tempo. Ou seja, estar sempre preparado para qualquer coisa é um mal necessário. Aprender a ignorar a chuva também vai ter que ser aprendido; muitas vezes, se você for esperar ela passar você não faz nada. Então, invista em um casaco bom de frio e impermeável e seja feliz. (Comprei um muito bom e quentinho na GAP por 49.99 – não é tão barato mas nesse caso vale a qualidade).

E por falar em roupas, existem muitas lojas. Vimos lojas muito caras e muito baratas. Vale o gosto. E o objetivo. Não dá pra esperar muito de uma blusinha que custa 3 euros, então, se comprar tem que ter plena consciência. Vale citar os shoppings daqui, não são nada do que conhecemos como shopping. Quando alguém falar que vai ao shopping, nada mais é do que uma galeria – PEQUENA – com lojas. O mais próximo que chegamos do nosso shopping foi o Mahon Shopping Centre – PEQUENO – com lojas, mercado, praça de alimentação e cinema. Ahhhhhh, o cinema. Adoramos o cinema! Como citado anteriormente, fomos num sábado, sem filas e sessão quase nossa. Por 7.90 euros cada ticket. Lindo.

Cork já nos abraçou. Em breve pretendemos montar day trips para as cidades turisticas próximas, tem muita pra ver.

IMG-20150518-WA0037

Obrigada por nos receber tão bem, Cork

 

Author

24 Comments

  1. Legal, valeu pelos relatos!
    Fato de ter pouco transporte público, demorado, me lembrou de um parte da infância que não gostava quando morava em bairros afastados do litoral sul de SP….mas o lugar parece lindo mesmo!

    Vem cá, carro por aí é fácil/barato de comprar igual nos EUA? Combustível é barato?

    Obrigado desde já

    • Nadine Jalaim Reply

      O problema de carro aqui é o seguro e a carteira de habilitação. Mais pra frente vou fazer um post sobre o assunto, mas não é dificil de comprar.

  2. Ahhhhh, acho uma delícia ler esses posts de primeiras impressões! 🙂

    Minha primeira impressão de Cork não foi tão arrebatadora, mas depois de ter ido lá tantas vezes, acho que me acostumei e se tivesse que morar em outro lugar na Irlanda que não fosse Dublin, seria Cork.

    O Mahon Shopping não é tão pequeno assim, vai! hahaha Comparado aos shoppings no Brasil sim, mas pra padrões irlandeses, nossa! Me senti num shopping de verdade quando fui lá!

    • Nadine Jalaim Reply

      Cork realmente me ganhou… depois dessas primeiras impressões ainda tenho que mostrar as impressões dos meses depois rs.
      O Mahon Shopping é grande mesmo em comparação aos outros, realmente. Padrão irlandês rs. Ficamos felizes de ter vindo morar pertinho dele…

  3. Marina Sobrinho Reply

    Olá Nadine!
    Amando seu blog,super rico de informação.
    Até que enfim encontrei algo sobre Cork, de verdade. rsrs
    Continue postando. Irei fazer intercâmbio e falta pouco pra minha escolha definitiva em Cork!
    E quando eu for ,também quero tomar um café ( café não porque eu não gosto rsrs) mas fazer um day trip. Bjs

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Marina! Obrigada pela visita, comentário e carinho!
      Fico muito feliz e grata por ajudar, esse é meu maior objetivo!!!!!
      Não é fácil encontrar informações atualizadas sobre Cork, até por isso decidi começar o blog. Tive muita dificuldade em conseguir material util durante nossas pesquisas e espero ajudar nem que seja um pouquinho quem tbm está nessa batalha!!!!! Sempre aceito sugestões de pautas e materiais para colocar aqui, afinal, esse espaço é nosso!!!!
      Ah, e quando estiver aqui, vamos combinar um day trip, sem dúvida!

      Boa sorte!!!!!!!

  4. Post muito legal e abrangente sobre a cidade! Creio que Cork e Galway sejam bem parecidas nesse sentido de ser uma cidade acolhedora e fora dos problemas de cidades grandes.
    Você comentou sobre a questão do transporte, mas as pessoas aí não usam bicicleta não? Tanto aqui quanto em Dublin é bem comum, e acho que no geral são até mais usadas do que ônibus (ainda mais quando a frequência deles é escassa).
    Abraço!

    • Nadine Jalaim Reply

      Quero muito visitar Galway e acredito que Cork e Galway são realmente bem parecidas.
      Aqui muita gente anda de bicicleta, vejo muito. Ciclovias também tem bastante e as pessoas respeitam muito, diferente do que vemos no Brasil. Fora que tem os alugueis de bicicleta no Centro, o que eu acho bem bacana – ainda quero entender como funciona. Eu, falo por mim, não sou muito de andar de bicicleta. Tenho vontade MESMO mas tenho medo rs rs rs rs rs Assim de andar na rua e tal… nas trilhas aqui perto acho que iria de boa, mas na rua ainda me pego com medo. Mas sim, bicicleta é uma opção muito bem vista por aqui também.

      • Posso me intrometer? rs
        Galway e Cork tem uma vibe muito diferente! Galway é bem menor, mas em compensação, a noite lá é muito mais agitada. Sempre tem gente naquelas ruas do centro, nos pubs, restaurantes estão sempre cheios (sempre que estivemos lá foi difícil achar mesa sem ter reservado). Cork é maior e obviamente tem mais opções de lojas, lugares e tal, mas sei lá, mesmo a noite sendo agitada nos pubs, a impressão que tive de todas as vezes em que fui pra Galway é que lá é uma cidade mais animada! O meu namorado acha a mesma coisa! 🙂

        • Nadine Jalaim Reply

          Eu ainda não fui pra Galway – estou louca pra ir – e todo mundo fala a mesma coisa. Não sei, talvez seja porque o pessoal ainda busque em Galway uma alternativa para Dublin. Pelo pouco que pesquisei tem muito estudante por lá né? Acho que isso também dá uma agitada na cidade. Mas certamente está nos planos conhecer por lá!

  5. Nadine ouvir dizer que existem bastante nackers em Cork, é verdade isso? A gente ouve dizer tanta coisa que no fim é mais lenda que verdade…

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Marianne!
      Então, eu nunca vi e nem ouvi dizer sobre os nackers por aqui. Já vi relatos de Dublin, mas daqui não. Vou tentar pesquisar algo sobre isso mas, de antemão assim, eu realmente não vi nada parecido aqui nas redondezas.

  6. Olá Nadine, tudo bom ?!
    Bom gostaria de saber (se vc souber)
    sobre valores de quarto em Cork , trabalho
    e as escolas de inglês daí, aquelas boas que ficam
    melhores localizadas e com bons valores, isso vai ser
    decisivo na hora de escolher Cork entre Dublin, bjos e obrigada desde já.

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Brenda! Obrigada pelo comentário!
      Bom, infelizmente valores de quarto em Cork vou ficar devendo… eu vejo alguns posts aleatorios nos grupos do Facebook e posso falar que uma média de 300, 400… mas assim, nada certo. Não chegamos nem a pesquisar quartos, por isso não faço ideia dos valores. Com relação as escolas tem algumas opções. A mais cara (pelo menos que eu já vi) a CEC. Depois tem a CEW, CEA e a Griffith College. Os preços, direto na escola, tirando a CEC, estão em torno de 2700 por 6 meses de curso + 6 meses de férias (até outubro). Em agências, pelo que me falaram, é possivel conseguir um valor mais em conta. Tirando a Griffith College, todas elas são muito bem localizadas; Trabalho já outro assunto bem complicado. Fiz um post falando um pouquinho sobre isso, dá uma olhadinha aqui

      Espero que ilumine sua escolha!!!! Caso possa auxiliar com mais alguma informação, me avise.

  7. Olá!!! Eu estou amando seu site! Só tenho a agradecer por ser tão rico em detalhes e contar sua experiência para outras pessoas. Irei no próximo ano e tem sido de muita ajuda, pois sobre Cork não tem muita coisa na internet.
    Obrigada e por favor, não pare de postar sobre Cork. rsss
    Beijos

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Angélica! Obrigada pelo comentário e pela visita!!!!!
      Estavamos sem internet em casa, por isso ficamos um pouquinho sumidos mas já estamos de volta e ainda hoje tem post novo!!!!!!
      Continue nos visitando, vamos adorar ajudar e mante-la informada sobre as novidades de Cork.

      Beijos!
      Nadine

  8. Obrigada Nadine!!!
    Vamos como estudantes sim, mas meu namorado vai entrar com o processo da cidadania Italiana, se conseguir, ai vai facilitar e muito as coisas para nós!!
    Vou acompanhar sempre o blog!!

    Abraços!

  9. Olá Nadine!

    Adorei o seu blog!! Estou pesquisando muito sobre a Irlanda e principalmente sobre Cork, meu namorado e eu vamos para Cork em Junho/2016, falta 1 ano mas já estamos muito ansiosos!!!
    A dica de alugar uma casa antes de ir para a Ilha foi muito boa, e vamos tentar fazer isso também!!
    Referente a trabalho, eu trabalho com RH mas quero algo diferente, mudar um pouco hehehe, tens alguma dicas de alguma especialização que eu poderia fazer aqui no Brasil para trabalhar na Irlanda?
    Nadine vou acompanhar sempre seu blog! E chegando na ilha certamente vou querer tomar um café com você!!

    Abraços!!

    • Nadine Jalaim Reply

      Olá Jussara!! Obrigada pelo comentário!
      Um ano é bastante coisa! Também ficamos bem ansiosos com a nossa espera, foi mais ou menos isso! Mas passa rapidinho, você vai ver!
      Bom vamos lá… eu andei pesquisando emprego assim, por alto, e vi que tem algumas boas vagas de RH por aqui. Se você optar por talvez ficar nessa área pode ter boas chances. Especialização assim realmente não consigo te dizer… dependendo de como vc vier (estudante ou se vc tiver cidadania europeia) os focos são diferentes. Como estudante geralmente (mas não sempre) você vai ter subemprego, salvo exceções. Já com a cidadania o céu é o limite! Hahahaha
      Se vier como estudante, para conseguir emprego mais fácil e se tiver disposta a trabalhar em subempregos (garçonetes, hotel staff, etc) seria bom se você conseguisse ter uma ideia do que se faz, para poder dizer que tem experiência, sabe? É só uma dica, mas pode ser que valha a pena.

      Opa! Já estamos esperando vcs para um café!

      Abs!
      Nadine

  10. Bem-vindos a Cork! Morei 5 anos em Dublin e mudei faz duas semanas porque fui chamado para trabalhar aqui.
    No começo achei que seria o fim do mundo mas até que estou gostando muito mais do que Dublin hahah
    Comparando com São Paulo, vai dispensar comentários haha
    Bem-vindos, espero que dê tudo certo para vocês!

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Marco!!!
      Obrigada pelo comentário!
      Acho que vc respondeu uma das perguntas que todo imagina né? Dublin ou Cork? hahahahaha
      Estamos adorando tudo por aqui e nos adaptando mais rápido do que imaginamos!
      Vamos dar uma volta qualquer hora!

  11. Oi! Muito legal seu blog, vou acompanhar, sempre me perguntam sobre como é morar em outras cidades da Irlanda mas eu não sei dizer porque moro em Dublin desde que cheguei. Preciso voltar aí pra passear, fui de novo mês passado mas foi a trabalho e não passeei nada! E vc vem sempre pra Dublin??
    Bjos
    Bethania

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Bethania!!!! Que bom te ver por aqui!
      Então, ainda não conheci Dublin! rs rs… Cheguei por Dublin mas vim direto pra Cork, então não tive oportunidade ainda mas espero que logo. To super curiosa pra conhecer a cidade!!!
      Continua acompanhando sim e se puder passar pra frente também seria ótimo!!!!
      Obrigada pela visita!
      Bjos!

Write A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.