Acredito que não dá pra negar que Cork já se tornou casa de alguns milhares de cidadãos vindos de todos os cantos do globo. E não por menos: há quem diga que o mercado de trabalho da cidade é um dos melhores da Europa! Será?

Estamos em Cork há quase dois meses e ainda não começamos a procurar trabalho pra valer, mas vez ou outra nós olhamos os sites de emprego para ter alguma noção de como anda nossa área. Ainda assim, não posso falar que isso nos dá uma visão verdadeira do quão fácil ou difícil é arrumar emprego na segunda maior cidade da Irlanda.

Se você já está em Cork, certamente conhece o ICC – International Club Cork. A ICC foi fundada há 6 anos e promove eventos sociais para os estrangeiros morando na cidade, mas recebe de braços abertos os locais que queiram interagir e participar desses eventos. O grupo produz, basicamente, encontros para prática de conversação de idiomas diferentes, o que é ótimo para quem está aprendendo, principalmente inglês. Mas é possivel encontrar quem esteja aprendendo e ensinando francês, italiano, alemão e inclusive português, entre outras línguas. Mas eles resolveram inovar e trouxeram uma ideia super válida para quem está procurando emprego.

11265374_10204580043797116_4293256508450381695_n

No último dia 30 de Junho, o ICC promoveu um encontro focado em trabalhar conexões profissionais, ou seja, um evento social em que os participantes pudessem conhecer outras pessoas que já estão trabalhando ou procurando emprego e trocar informações sobre o mercado em Cork ou até mesmo conseguir uma indicação de trabalho. Dá uma olhada no convite do evento para ter uma ideia.

O ICC tem a honra de ministrar esse evento social único e uma oportunidade fantástica para:
– socializar e fazer novos amigos;
– compartilhar informações sobre oportunidades de trabalho, carreiras e desenvolvimento pessoal;
– fazer importantes conexões com pessoas que compartilham os mesmos interesses;
– aprender, se conectar, compartilhar informações e interagir com pessoas de diferentes nacionalidades e áreas de atuação;
– melhorar sua conversação e aprimorar os conhecimentos na lingua inglesa.

Vale lembrar que o evento vai abrigar um número limitado de pessoas, então se quiser participar CORRE e se inscreva no site para garantir seu lugar – é de graça!

E com essa ideia o evento aconteceu no Porterhouse, um bar que faz parte do complexo The Mardyke. Eu participei como voluntária, fazendo uma pesquisa com os participantes para entender um pouquinho mais como funciona e como está o mercado de trabalho em Cork. De Au Pairs à programadores, conversei com pessoas das mais variadas áreas para conseguir ter uma noção mais real do que é estar efetivamente procurando um trabalho por aqui.

11011887_10204580044517134_7819383595445019740_n

Em resumo, o que está na ponta da língua de todo mundo é: não esta fácil. Se você está pensando em vir pra cá e está sonhando em chegar aqui, achar um trabalho na mesma semana e viver feliz para sempre, sinto muito mas vou ter que cortar suas asinhas. Óbvio que cada caso é um caso. O tempo que alguém demora para encontrar trabalho e a facilidade varia muito de pessoa, de area de atuação, de objetivos. Algumas das pessoas com quem conversei já vieram empregadas pois só foram transferidas do pais natal para cá. Outras chegaram e demoraram mais de 5 meses para conseguir um trabalho, mas se mantiveram firmes e encontraram vagas em suas áreas de atuação. Outras reclamaram, e muito, da competitividade e das exigências de anos de experiencia mesmo para trabalhar em subempregos.

Além de todos os pontos acima relatados, a grande maioria dos participantes colocou o fator “estrangeiro” no topo da lista de dificuldades. E isso vale para qualquer estrangeiro: conversei com italianos, brasileiros, poloneses, russos, croatas e até uma pessoa da Nicarágua (NUNCA conheci ninguém da Nicarágua! hahahaha).

Porém, a missão não é impossível. Se você já fala inglês muito bem e ainda consegue incluir mais uma lingua em seu curriculo, suas chances já aumentam consideravelmente. Conversei com um dos coordenadores do ICC, que é húngaro, e ele está aqui há mais ou menos 6 anos. Conseguiu um trabalho aqui, ainda morando na Hungria, procurando exatamente assim no GOOGLE: “job cork hungarian german english”. E encontrou, se inscreveu, fez entrevista e passou. A sorte dele foi que, no exato momento em que ele resolveu que se mudaria, a empresa estava precisando exatamente de uma pessoa na area dele e que falasse essas tres linguas. É incrível e improvável, mas realmente pode acontecer. Tem muito dessa questão de momento. Será que não vale usar dessa mesma tentativa?

Em média, os participantes que responderam à pesquisa demoraram entre 3 e 5 meses para arrumar uma vaga de trabalho em Cork – com exceção dos que já vieram empregados, que foi uma minoria. Já quando se trata da busca de vagas, as ferramentas online ainda são as campeãs de uso, como os famosos sites de emprego da Irlanda (falei aqui) e Linkedin. Então, se você está se preparando para vir pra cá, já tenha isso em mente na hora de se planejar.

O evento em si eu considerei um sucesso. Poderia ser melhor? Poderia sim, mas para uma primeira tentativa, acho que o pessoal que participou teve um bom retorno e pôde compartilhar experiências e informações sobre a busca de trabalho em Cork e, o principal, conseguiram aumentar ainda mais o network e, consequentemente, suas chances de conseguir alguma indicação também.

11231327_10204580041197051_978054030092791899_n

E você quer participar de um evento da ICC? Fique atento no grupo do Facebook, site e por aqui também, afinal estão falando com a mais mais nova participante do time da ICC. Estou super feliz em fazer parte deste time eclético e bacana do ICC e espero contribuir bastante no grupo! E também quero ver todos vocês participando dos nossos eventos! Fiquem ligados 😉

Author

3 Comments

  1. Gente, legal demais esse evento! Acho muito válido esse tipo de iniciativa onde todo mundo é beneficiado!
    Com relação à trabalho, acho que essa é a situação geral da Irlanda (ou seria até do mundo em geral?). Fatores como domínio da língua e experiência sempre vão pesar mesmo. Acho que acabamos sendo privilegiados por nossa área ser de constante demanda.
    Boa sorte a todos!

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Lucas!
      O evento (e o grupo em si) é muito bacana! É uma ideia muito boa e tem gerado alguns frutos. Já ouvi relatos de pessoas que conseguiram indicação de trabalho durante esses eventos. Essa história de construir network é fantástica, não? rs Sim, somos muito privilegiados por nossa area abrigar tanta demanda.

  2. Acho que o mais viável é ir preparado financeiramente e psicologicamente pra essa dificuldade no mercado. Muita gente sai daqui achando que vai estar empregado na primeira semana mesmo, e acho que essa frustração pode destruir os planos da pessoa. Adorei esse evento, não vejo a hora de estar efetivamente em Cork pra poder vivenciar isso.

Write A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.