Chegar em um lugar novo é sempre uma dádiva, muita novidade, muitas coisas para ver e fazer. E com a gente realmente não foi diferente. O lugar nos abraçou de tal forma que em uma semana já nos fez sentir em casa. E não falo da boca pra fora não. se você está buscando alternativas à Dublin para destino do seu intercâmbio, por favor, considere Cork.

Em primeiro lugar acho que vem a grande pergunta: Porque Cork? Há alguns anos já havíamos decidido que moraríamos fora do Brasil e graças à cidadania portuguesa do Diego, a Europa sempre pareceu o destino mais certo. As dúvidas pairavam entre Inglaterra e Irlanda e, para ser sincera, a Irlanda sempre tinha uma luzinha brilhante em volta quando pesquisávamos. Daí a conhecer blogs e sites sobre o país, pessoas próximas indo e vindo do país e muita coisa boa sendo falada, não deu outra. Ireland it is!

Ao falar Irlanda o pensamento automático de qualquer pessoas tende a ser Dublin. Sim, esse foi o nosso também. País pequeno, sempre acreditamos que a oportunidade estava na “grande cidade”. O porém é que essa grande cidade já estava começando a ficar saturada: muitos intercambistas e talvez pouco espaço. Vagas de trabalho e oferta de casas tendem a ser aquém do que esperávamos. Vale lembrar que estávamos vindo com intenção de migrar mesmo, não como estudante, o que de certa forma ao escolher Dublin seria um pouco frustrante. Talvez. Talvez não. Mas dentre as pesquisas nos deparamos com a segunda maior cidade da Irlanda, Cork. Casa de muitas multinacionais, nos chamou atenção pela grande quantidade de ofertas de emprego em nossa área (T.I.), além de ser uma cidade “grande” (lembrando que grande nos moldes irlandeses – pra quem vem de São Paulo, capital, isso é o fim do mundo! hahahaha).

Além da cidade de Cork, o condado de Cork abriga inúmeras opções de lugares para ser visitados. Castelos, cidades costeiras, cidades históricas – tudo a pouquíssimas horas de distância. A cidade, inclusive, possui um aeroporto que faz voos para cerca de 190 destinos pela Europa, significando que não é necessário viajar 3 horas até Dublin para visitar um país diferente.

Outra coisa que chamou muito a nossa atenção foi o valor dos aluguéis de casas. Valores bem melhores do que os de Dublin e casas/apartamentos mais modernos e bem arrumados. Com o valor do aluguel de um estúdio em Dublin, é possível alugar até uma casa com 3 quartos em Cork, dependendo da localização. Esse é um grande motivo, não?

As escolas de inglês da cidade também são super recomendadas, embora os preços são sejam tão atrativos. A diferença de preços entre as duas cidades é pequena, mas pelo que pesquisei, a qualidade chega a ser superior em algumas escolas. Para aprender inglês mesmo, é uma boa opção principalmente para brasileiros que buscam fugir da massa brasileira em Dublin. A região tem um número baixo de conterrâneos, o que te obriga a falar inglês sempre. O que é ótimo!!!! Mas não se engane ou se chateie: ELES EXISTEM POR AQUI, sim! Amigos brasileiros são sempre bem vindos, né?

Analisando tudo o que pesquisamos, detalhadamente e friamente, finalmente batemos o martelo e decidimos. Cork it is!

E o que estamos achando? O que já conseguimos? Vale a pena? Histórias para os próximos posts…

Author

28 Comments

  1. Jéssica Martinhão Reply

    Oi Nadine, como vai?
    Estou com intercambio marcado para setembro deste ano (2016) pra Irlanda, mas preciso decidir até maio se vou pra Cork ou Dublin. Estou indo sozinha (dai-me coragem rs) e tenho a intenção de passar 1 ano pelo menos (embora meu intercambio seja de 6 meses a princípio). Enfim minha dúvida é sobre trabalho, não sou da área de TI. Você sabe me informar se teria muita dificuldade de achar emprego nesta região levando em consideraçao que meu inglês é ruim? Estou encantada com a cidade e creio q aprenderia muito mas muito mais aí com a baixa concentração de brasileiros. Agradeço sua atenção e estou curtindo muito seu blog.

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Jéssica. Espero que tenha decidido por Cork, rs.

      Bom, vou começar a resposta falando que, em primeiro lugar, você tem que focar no estudo do inglês. Sem o inglês no minimo bom você não consegue emprego nem cleaner. Então, a sua primeira preocupação ao chegar é estudar e praticar bastante o ingles e depois você pensa em trabalhar. As vagas aqui não são muitas, mas dá para encontrar trabalho sim. Se fugir do centro e ver em bairros proximos, as chances aumentam.

      Espero que tenha ajudado e continue nos acompanhando!!!

      Nadine

  2. Você escreve bem demais e seu humor é muito refinado!
    Dá vontade #PartiuBrasil agora, rsrsrsr!
    Tks;)

    • Nadine Jalaim Reply

      Obrigada! Fico feliz, pois realmente adoro escrever!

  3. Muriel Bellucci Reply

    Oi Nadine!!

    Primeiramente parabéns pelo seu blog! Estou adorando ler os posts e conhecer um pouco mais sobre Cork. Pretendo ir para a Irlanda em Junho/16 para ficar dois meses apenas estudando, mas não estou encontrando muitas informações e comentários sobre as escolas. Pesquisei a CEC, CEA e a University College Cork. Todas tem informações sobre os valores dos cursos por semana, mas não sei se consigo me inscrever sozinha, ou se tem que ser por intermédio de alguma agência. Bom, qualquer informação que puder me dar, será de grande ajuda!! Obrigada e mais uma vez parabéns!

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Muriel, tudo bem? Desculpe pela demora na resposta.

      É realmente muito dificil encontrar informações sobre as escolas e sobre a cidade em si e é aí que estamos tentando ajudar. Sobre as escolas, a CEC e a CEA são escolas bem conhecidas por aqui, sendo a CEC a mais cara e considerada a melhor da cidade, enquanto a CEA é bem conhecida por ter um bom custo beneficio. A University College Cork não é escola de ingles, é uma universidade mesmo. De escolas, temos também a Griffith College que é uma universidade também mas oferece cursos de ingles. Tem a CEW que é bem parecida com a CEA e a ACET que é um pouco mais cara, mas com uma reputação muito boa. Em todas elas é possivel se increver direto com a escola mas sempre recomendo agência, pois tem muitos tramites e burocracias que as vezes o ingles mais fraco pode encontrar empecilhos e até deixar mal entendidos que serão sentidos quando estiver por aqui.

      Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, pode entrar em contato.

      Abs,
      Nadine

  4. Karen Sousa Reply

    Oi Nadine
    Tudo bem?

    Muito bom seu blog. O bom fugir das informações das agência e ler um pouco da realalidade do dia a dia rsrs.
    Você está estudando ai? Gostaria de indicação de escola. Estou lendo mais sobre a CEW, CEC e ACET.

    Obrigada!

    • Nadine Jalaim Reply

      Olá Karen! Tudo certinho por aqui e por aí?

      Primeiramente, obrigada pelo feedback positivo. Isso é realmente muito importante pra mim! 🙂

      Eu não estou estudando, mas meu marido está. Ele está na CEA – Cork English Academy. É uma das mais baratas aqui. Tanto a CEA quando a CEW tem muitos comentarios positivos e negativos. Ambas tem estruturas e preços bem parecidos e em questão de custo beneficio, acho que seria o ideal para quem tem um orçamento apertado. Tem a Griffith College também, que até onde eu sei, era uma das mais baratas tbm, se não a mais. Ouvi muito comentário negativo, mas parece que agora a coisa tá melhorando por lá.
      A CEC e a ACET são as mais caras e, consequentemente, as mais famosas por serem melhores da cidade. Conheço gente nas duas e só ouvi coisa boa de ambas. Os preços eu não sei como estão, ou se as agencias fazem valores melhores, mas de modo geral, são as duas que eu posso afirmar só ter ouvido bem.

      Outro ponto que tenho que comentar é que o número de brasileiros em todas elas está crescendo consideravelmente. Mas em sala, é só inglês. Para mim – opiniao minha mesmo – o aprendizado depende unica e exclusivamente do aluno, dentro e fora de sala.

      Espero poder ter ajudado!!!

      Abraços!
      Nadine

  5. Olá, Nadine! Estou gostando muito das informações dispostas da cidade de cork em seu blog. Já tenho um intercâmbio fechado para Dublin, mas estou seriamente pensando em alternar para cork. Tô precisando de alguém para me dar uma luz e mais informações específicas sobre a cidade, oportunidades e pontos positivos. Podemos conversar por e-mail ou whats se tiver? Marcio.luz1@live.com da uma ajuda, por favorrrrrrrr…

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Marcio! Vou ficar muito feliz em ajudar!!!!

      Voce pode entrar em contato atraves da pagina Contato aqui no blog ou mandar email direto para proximacurva@gmail.com e ficarei muito feliz em responder suas duvidas ou pelo menos tentar.

      Espero seu email!

      Abs,
      Nadine

  6. Olá Nadine.. muito legal seu site.. parabéns..

    então estou pensando em fazer o curso de inglês de 6 meses mais pra frente pois pretendo juntar uma grana antes de embarcar pra não passar sufoco hehe.. vi que cork poderia ser uma boa por ser tranquilo e supostamente ter menos brasileiros … estou me formando em direito aqui no Brasil, porém gosto muito de TI e me identifico bastante na área.. vc acha uma boa após o curso de inglês tentar fazer uma graduação em TI na irlanda? como q vc ve o mercado de trabalho especificamente em programação e também em web design..? gosto muito de Direito mas confesso que estou decepcionado com o mercado de trabalho aqui no Brasil!

    valeu !!

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Gabriel, tudo bem?
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Vamos lá, vamos ver se eu consigo te esclarecer algumas dúvidas… Primeiro: ótima ideia em juntar uma grana primeiro, antes de vir para cá; é a coisa mais sensata a se fazer.
      Bom, a area de TI aqui tem uma oferta consideravel de trabalho. Programadores dificilmente ficam sem emprego pois tem bastante vaga e poucas pessoas para preencher.
      Fazer uma graduação aqui na Irlanda pode custar bem carinho, então é bom você analisar suas possibilidade, objetivos e desafios antes de bater o martelo. Sair do Direito e migrar para TI é uma mudança bem grande e você precisa de uma base. Você já chegou a trabalhar com TI?
      Pensa direitinho e no que eu puder/conseguir ajudar, conte comigo!!!!

      Abs
      Nadine

      • Então… a princípio eu gostaria de passar os 8 meses para aprimorar o inglês e tentar conseguir um trabalho mais simples para me manter (como todo mundo né? hehehe).. nunca trabalhei formalmente na área de TI, porém tenho alguns cursos que fiz e estudo por conta própria porque gosto mesmo.. porém sem nenhuma especialização ou formação..

        Seria mesmo só uma projeção caso eu realmente faça o curso de inglês e acabe ficando na irlanda porque li que a área de TI está em alta.. e como não posso aproveitar o meu curso de direito porque é muito diferente.. até mesmo para trabalhar seria inviável…

        Minha curiosidade seria se eu tivesse grana para pagar uma graduação em TI na Irlanda, caso seja aceito na faculdade, para conseguir um trabalho por ser estrangeiro..

        Outra coisa.. será que a graduação realmente é necessário para a área de programação ou se eu tiver um curso especifico e dominar algumas linguagens eu consigo ser contratado?

        mais uma vez parabéns e obrigado pela resposta..

        • Nadine Jalaim Reply

          Oi Gabriel.

          Com certeza você não teria problema em arrumar um trabalho, porém (sempre tem um porém) não são todas as empresas que estão dispostas a patrocinar um visto de trabalho, embora seja sim possivel. Conheço gente que conseguiu e essa é uma chance real.
          A area de TI aqui tem muita vaga e como falei anteriormente, programador já tem alguns pontos na frente.

          Abs
          Nadine

  7. Camila Borghesan Reply

    Oi Nadine, eu de novo!! Acho que até o final da noite leio todos seus posts… Quero ir para estudar inglês, mas claro se der trabalhar… Li no seu post que existem ofertas para área de TI… Vou eu e meu namorado que tb é da área… Ele PMO e eu trabalho com SAP vc viu algo relacionado para essas áreas? Vc é de que área de TI?!? Obrigada pelas informações… Estou amando o blog… Beijos

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Camila! Obrigada pelos comentários! Muito feliz em poder passar informações para vocês!
      Eu e meu marido trabalhamos com Qualidade de Software, e tem bastante oferta por aqui, assim como para programadores. SAP e Projetos eu te confesso que não vi. Não porque não tem, mas não vi nas minhas pesquisas. Vale a pena entrar nos sites de empregos e dar uma olhada. Essa nossa area de TI no geral é muito forte por aqui e não é impossivel conseguir um visto de trabalho atraves das empresas. Vale investir hein?

  8. Oi Nadine!
    Adorei seu post e me identifiquei MUITO! Eu e meu namorado estamos nos preparando pra migrar também, voltamos da italia a dois meses pra regularizar a cidadania italiana dele e pretendemos, assim que estiver tudo certo, ir de mala e cuia (e dois gatos rs) pra Cork, nosso prazo é começo do ano que vem. Foi a cidade que mais nos encantou pelos mesmos motivos que você descreveu acima. Vi o comentário do Adriano ali em cima e vi que não somos os únicos nessa situação de “esperar passaporte italiano pra migrar”.
    Gostaria de saber se vocês tem animal de estimação ai? E se você saberia nos dizer pelas suas buscas de casa pra alugar o quão receptivos eles são com inquilinos que possuem pet.
    Vou continuar acompanhando, parabéns pelo blog!

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Marianne! Obrigada pela visita e pelo comentário!
      Cork é exatamente o oposto do eu conhecia… São Paulo é o caos na Terra… Cork é tão calma, tão serena… tem um transito aqui ou ali, no centro tem bastante gente mas nada comparado, logico! rs Faz apenas 2 meses que estamos aqui mas já fica dificil me imaginar em São Paulo rs rs rs
      Bom, ainda não temos nenhum animal por aqui, mas vontade não falta!!!!!! Já viram como funciona para trazer? Eu tenho uma conhecida que trouxe os gatos dela, mas realmente não sei como funciona…
      Casas que aceitam pets são dificeis de encontrar, mas não impossivel… mas é bom na época de vir já começar a dar uma olhada e entrar em contato com os landlords para conversar e pelo menos pegar informação… vocês não vão conseguir alugar casa do Brasil, mas conseguir mais informações ajuda!
      Vou tentar saber mais sobre isso, você não é a primeira pessoa que pergunta sobre o assunto. Quem sabe não consigo fazer um post?

      Mais uma vez, obrigada e boa sorte! Espero vocês por aqui! \o/

      • Sei que pra levar é bem burocrático e chatinho, a Irlanda tem umas exigências particulares que deixam tudo mais $dificil$$ rs. Enquanto ainda estamos no Brasil vamos pesquisando mais sobre isso. Obrigada!!!

  9. Muito bom as informações passadas da cidade. Também estou com o pensamento de imigrar para a Irlanda e Cork é uma grande opção, porém não achamos muita informação da cidade e seu blog está nos dando uma nova luz da cidade ( nós – eu e minha esposa, rsrs). Estou tirando minha nacionalidade italiana e somente esperamos pelo resto da documentação. Como forma na mesma situação, se fosse possível, postem alguma informação sobre como estão procedendo com o visto para dependente ( stamp4). As informações que encontramos na net são meio controversas e acho que dariam uma luz a outras pessoas que estão na mesma situação. Mais uma ve, parabéns pelo site e tudo de bom pra vcs! abs

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Adriano. Obrigada pelo comentário!!!
      Com certeza em breve teremos um post sobre isso. Como chegamos não tem um mês ainda, ainda vamos entrar com todo o processo. Então a medida que começarmos essa jornada, com toda certeza vou compartilhar tudo aqui com vocês. É um assunto bastante importante e realmente tivemos bastante dificuldade em encontrar informações sobre.
      Pode ficar tranquilo que é esse é um assunto que vai ser bem compartilhado por aqui.
      Até mais!!!

      • Que legal ! Boa sorte com o processo!!! Com certeza tudo vai dar certo e ficamos esperando ansiosamente por este post. Parabéns mais uma vez pelas informações passadas, estão nos ajudando muito para tomarmos a decisão de qual cidade escolher. Abraços . Adriano e Pamela.

  10. oiii…como esta os trabalhos por ai??? em sub-empregos ? tem muita procura???? abraços

    • Nadine Jalaim Reply

      Oi Mara!
      Então, ainda estamos finalizando minha papelada do visto e o Diego ainda vai estudar antes de trabalhar, então a gente não tem muita noção ainda sobre a procura de sub empregos. Esses empregos são melhor encontrados caminhando pela cidade e vendo anuncios. Na minha caminhada de hoje encontrei dois anuncios: um no shopping para ser vendedora e outro num restaurante para ser garçom/garçonete. Pelos sites de empregos eu vejo bastante na minha área, que é T.I. e percebi que a oferta de trabalho é BEM grande! Assim que tiver mais informações sobre esse tema, trago pra cá, ok????
      Obrigada pelo comentário!
      Abs!
      Nadine

  11. Nathan Laurino Reply

    Adorei o texto.

    Estou pensando em fazer intercâmbio curto em Cork, no início do próximo ano. Gostaria de mais informações e bater um papo com quem vive por ai. Seria possivel?

    Parabéns pelo blog.

    🙂

    • Nadine Jalaim Reply

      Opa Nathan! Seja bem vindo ao nosso cantinho! E obrigada pela visita!!!
      Que ótima ideia!!!! Tenho ctz de Cork não vai te decepcionar!
      Como eu posso te ajudar mais?
      Abs!!!!!

Write A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.